D. A. de Biblioteconomia UFPE

UFPE e PM definem ações para segurança extracampus

Em visita ao Campus Recife da UFPE, realizada hoje (27), o comandante geral da Polícia Militar de Pernambuco, coronel José Lopes de Souza, adiantou para o reitor Amaro Lins que vai intensificar, já na próxima semana, a presença de policiais nas paradas de ônibus situadas nos limites da Cidade Universitária (CDU), onde ainda é significativo o número de assaltos. Durante o encontro, o reitor lançou o apelo para que a PM ajude a Universidade a vencer o desafio de reduzir a zero, nos próximos dez dias, o número de ocorrências nessas áreas que estão no limite do campus. “Com as ações da nossa vigilância interna, a UFPE propriamente dita apresenta, hoje, níveis baixíssimos de violência. Devemos estender esse efeito para uma margem mais ampliada”, afirmou Amaro Lins.

Ante a exposição feita pelo diretor de Segurança Institucional da UFPE, Armando Nascimento, que apresentou as ações que a Universidade vem promovendo para garantir a integridade de uma população acadêmica de mais de 37 mil pessoas – como o aumento do número de câmaras de monitoramento, ampliação da iluminação e aquisição de motos e carros – o comandante da PM também se comprometeu a apresentar para toda a comunidade local o Programa Polícia Amiga que, entre outros objetivos, propõe-se a realizar um policiamento comunitário, com o enfrentamento das causas de violência nos bairros e orientar os líderes comunitários para o alcance do bem coletivo. Na próxima reunião do Conselho Universitário, ainda em dezembro, será feita a apresentação.

CAMPANHA – Da reunião também ficou acertado que a Universidade vai encaminhar à PM, em regime urgência, o mapa com dados sobre as ocorrências registradas na área extracampus, para ajudar na estratégia das próximas ações. Segundo o tenente coronel do 12º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela área que engloba a CDU e adjacências, Gilmar Oliveira, outra medida importante, e que foi imediatamente encampada pela Reitoria, é a promoção de uma campanha para sensibilizar o estudante de que a abordagem da polícia é feita em prol dos próprios alunos. “Sentimos muita resistência desses jovens às nossas ações. Eles precisam saber que estamos agindo em nome de sua segurança”, testemunhou. A visita do comandante à Universidade atende a um convite feito pelo reitor Amaro Lins que não tem medido esforços para garantir a segurança da comunidade acadêmica. A Reitoria atua com o apoio da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida, com ações como a capacitação dos agentes de segurança, e da Pró-Reitoria de Extensão, com a oferta de programas comunitários de saúde, lazer, artes e conhecimento, entre outros.

Fonte: ASCOM/UFPE
Anúncios

28 de Novembro de 2009 - Posted by | Não classificado

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: