D. A. de Biblioteconomia UFPE

Manguinhos ganha biblioteca high-tech inspirada em Medellín

Os moradores do Conjunto de Favelas de Manguinhos, no subúrbio do Rio de Janeiro, ganharão nesta quinta-feira (29) a primeira biblioteca-parque do Brasil. O projeto é inspirado em Medellín, na Colômbia, que investe na construção de equipamentos culturais como forma de promover inclusão social.

A biblioteca-parque de Manguinhos ocupará uma área de 2,3 mil m² do antigo Depósito de Suprimento do Exército (1º DSUP) e atenderá a 16 comunidades da Zona Norte, cuja população soma, aproximadamente, 100 mil habitantes. O lugar  foi criado a partir de uma viagem feita pela secretária estadual de Cultura, Adriana Rattes, à cidade colombiana.

” Esse projeto tem a intenção de despertar o interesse dos moradores de Manguinhos e de toda sociedade pelo conhecimento digitalizado”, disse Adriana.

Com 900 DVD’s, 5 televisões de LCD, 3 livros digitais, 40 computadores, 25 mil livros e mais de 3 milhões de músicas distribuídas em aparelhos de Mp3, a infraestrutura de nível internacional custou R$ 8,7 milhões em recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Atendimento diferenciado

De acordo com a superintendente de Leitura e Conhecimento da Secretaria estadual de Cultura, Vera Saboya, o lugar irá atender de forma diferenciada toda a população de Manguinhos e de toda  a cidade do Rio. “É um local que terá vários ambientes digitalizados para pessoas que precisam de uma nova visão do conhecimento”, explicou.

O espaço  terá ainda salas des estudo, de leitura e de multimídia, onde acontecerão apresentações de teatro e de filmes brasileiros e estrangeiros.

A inauguração da biblioteca, nesta quinta-feira (29), às 10h, terá a presença do ministro da Cultura, Juca Ferreira e do governador do Rio, Sérgio Cabral. O acesso será livre e estima-se que cem mil moradores da região compareçam ao evento. No local, também terá a presença da personagem de quadrinhos, Mônica, de Maurício de Souza, que será entitulada Embaixadora da Cultura.

Funcionários da região
Segundo Vera, todos os 28 funcionários da biblioteca são moradores da região e contratados pela Secretaria estadual de Cultura. Eles foram treinados para atender à todas as pessoas que visitarem o local.

Fonte: G1

4 de Maio de 2010 - Posted by | Não classificado

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: